Pages

25 November 2007

Patchwork não tem preço...

Depois de uma semana conversando, refazendo desenhos, trocando estampas e combinando as cores, finalmente a cliente bate o martelo.
Dá aquela alegria, os 50% de sinal entram na conta e agora se manda pra SP pra comprar material.
A viagem é rapidinha, 50min de estrada, mas quando chega na entrada da cidade...meu Deus!..tudo parado e não é nenhuma manifestação não, é abarrotamento de carros! O jeito é ficar ouvindo meu Ipod mess e curtir, afinal, vou fazer uma colcha.

Depois de uma hora e meia, chego ao fornecedor e abro minha listinha de tecidos, já com as referências para tudo ser mais ágil. Vou ao banheiro, tomo uma aguinha e de repente ouço: “Sandra, estes dois aqui saíram de linha, quer substituir?” Mais 30 minutos pra “tentar” repor os tecidos, justo aqueles que a cliente mais amou, mas no fim deu certo.
Parada estratégica no segundo andar pra comprar a manta. E os caras só vendem a peça....tá...compro a peça e pergunto:"Como vou levar isso?" e o sorridente sarcástico vendedor responde:"A gente dá um jeitin". O "jeitin" dele foi embolar 20m de manta, até virar uma bola, de uns 40cm de diâmetro...Não tô podendo, mas também não vou estressar, eu sou sussa né? Então manda bala!
Saio feliz da vida com a minha sacola cheia de panos, a outra sacola com a bola, naquela rua lotada de gente. Uma paradinha prô café com pão de queijo e estrada de novo.
A volta é tranqüila e quando chego em casa, banho nos paninhos! Todos os tecidos nos milhares de balde da área de serviço.
Nenhum deles saiu tinta, amém, então pendura tudo no varal, alisando o máximo possível pra ficar fácil de passar.
Enquanto espero a secagem, entro no computador pra montar o esquema da colcha, tamanho dos blocos a serem cortados, as bordas e imprimo tudo.
Entro na net, dou um alô pras minhas amigas da comunidade, respondo scraps, depoimentos, emails e ....cacilda! os tecidos já secaram! O ar daqui é seco e quente, venta bastante e a meu favor!
Blocos de 30cm x 30cm, tenho que cortar as faixas com 11,5cm, 9 estampas diferentes, diseappearing nine patch foi o escolhido. Onde eu tava com a cabeça pra sugerir esse desenho numa colcha..rs...ai,ai... Deixa de preguiça! Passa tudo e manda bala no corte, porque depois que tudo estiver costurado, tem que passar de novo.
Vâmo que vâmo!!! Quatro dias inteiros pra fazer todos os vinte e oito blocos da colcha de solteiro, 448 pedacinhos de tecido costurados, girar sentido horário, gira pra direita, direita, direita....Ai que lindo que é aquele garoto, foi tão bom, será que ele me liga hoje?, esquerda, direita, esquerda....Eiiiiiiiiiiii!!!! fiz uma bagunça danada! Paaaaaaaaaaaaaara tudo Dna Sandra!!!!!! Não é hora de pensar em garoto nenhum....mas que ele é lindo, é!rsrs....Desvira os que foram pra esquerda!! Deu certo, acho. Ufa!
Top montado, esticado na minha mesa de 3,60m e....caraca...um bloco lá no centro, impresso o nome do fabricante do tecido...Como que eu não tirei aquela oréola!!!!!
Pego o desmanchador de costura e tiro aquela coisa de lá, pra poder descosturar aquele micro pedacinho. Corta outro micro pedacinho, mede, costura e o bloco volta para o centro da colcha. Arffffffff...agora as bordas e o top estão completamente montados.
Corto a manta, tenho que dar aquela emendada porque o infeliz não tinha manta com 1,80m de largura. Coloco em cima do top e levo para meu quarto porque agora tenho que cortar o percal. O percal???? Xiiiiiiiiiiiiiiii...não lavei...Vai pra máquina meu amigo e sai quase seco. Penduro e volto pro Pc, mais um alôzinho para as queridonas e o msn pula: é ELE, O garoto-gatito e não dá pra controlar, fico ali, na maior conversa mais uma hora e meia. Que delícia, mas agora chega.
Preciso comer!!!! Que fome!!! E a montagem vai ficar pra amanhã, mais um dia...então volto pro msn pra dar um boa noite interminável..rs...Descobri qual parte do meu corpo está em melhor forma física: meus dedos!!! Aja!!! Costura e teclado andam juntos aqui!
Dia seguinte, doida pra terminar! De novo, estica o top, estica a manta, estica o forro, começa a a....l....i....n....h....a....v....a.....r......nossa!!! como demora, porque não comprei aquele spray!!...perdi uma manhã e o começo da tarde. Agora o quilting, adoro, mesmo com os dedos furados e saindo sangue (um pouquinho, mas sai..rs..) minha cabeça fica nas nuvens e vai a tarde toda e o começo da noite, e a madrugada.
Vocês repararam que até agora não coloquei o nariz pra fora de casa né? Bom, continuando...
Dia seguinte do dia seguinte; vamos pra máquina! Enchi 6 bobinas, (acho que dá né) pego a colcha, tá um calor de 36 graus aqui, essa montoeira no meu colo me esquentando, e vou com toda calma do mundo, costurando a volta toda. É tecido que prende no pé da máquina, agulha que quebra no alfinete, cachorro que quer ficar no meu pé, que está no pedal, (e calooooooor!!) telefone que toca, msn chamando...é Ele de novo!!! Levanto rapidinho, alôzinho básico, preciso terminar hoje, mas quando eu tô levantando minha amiga me chama, vai viajar e quer dicas de lojas...uhm....preciso ajudar. Entro no google, faço uma pesquisa relâmpago e mando por email.
Volto pra máquina e depois disso tudo, está pronta, linda, toda retinha e colorida, do jeito que a cliente queria.
E aí dá aquela sensação de orgulho, de trabalho terminado, de “Consegui”..., e dor nas costas, nos olhos, nas mãos..rs..Tira fotoooooo!!!!!Primeira encomenda e vc tava esquecendo sua doida! Arruma a cama com a colcha, tira a bagunça do quarto pra não sair na foto e click. Tá feito e documentado.
Dobro ao meio e ao meio e ao meio E ao meio de novo pra poder caber na capa de plástico. Cadê a caixa que tava aqui?? Buddy pegou, safado!rs...Ah, mas tem uma caixa ali cheia de coisas dentro, vou usá-la. Tira tudo, coloca a colcha lá dentro, junto com as instruções de lavagem e embalo, pra no dia seguinte colocar no correio.
Hoje posso sentar com calma no PC, olhar os tópicos da comunidade e responder tudo com calma. Ir na casa do meu irmão e dar um beijo nos meus sobrinhos, dar risada, ver a Lua, tomar uma cerveja brindando a conquista.
Depois de um jantar delícia, vou dormir o sono das Santas patchworkeiras!!!
Ah!!!!!!!
Mas tem uma coisa que eu preciso contar e que vocês não vão acreditar....
Sabem que, mesmo depois disso tudo, que eu resumidamente escrevi, ainda tem gente que acha um absurdo o preço cobrado por uma colcha de Patchwork...?
É mole????????????????? E olha que eu fui rápida hein!!!Ahahahahahahahahahahá........ só rindo!!!!!!! Vem fazer! Ou melhor, valorize, porque esse é o melhor sentimento que podemos receber.
Parabéns a todas vcs, amigas e desconhecidas que visitam meu blog. Pela persistência, pelo amor, dedicação, paciência e orgulho em continuar fazendo as maravilhas que vcs fazem em patch e em tudo que é arte manual!
beiiiiiiiiiiiiiiiiiiijô

15 comments:

SATI produtos artesanais said...

sandrinha!!!
achei muito verdadeiro este seu texto!!! e olha que vc costura super-rápido, hein?

bjks, da harumi
.

edna regina said...

SAn, amei tudo o texto ficou certissimo as pessoas nao sabem o trabalho que da fazer Patch, e o quanto é gratificante quando se da o valor correto do nosso trabalho amei seu blog!
Bjus,Edna Regina!

Juliana said...

Disse TUDO!!!!
O negócio é botar o preço que vale, e pague quem puder!

E boa sorte com o linducho ;-)

deborah said...

Oi Sandra, parece que to me vendo no seu texto, é assim mesmo comigo, a correria é a mesma, e no final poucos dão valor, precisamos ser firmes na hora de negociar, senão...bjocas, Deborah.

Catia Vansan said...

Otima a iniciativa de cobrar o preco justo... vivo esutando: NOSSA QUE CARO... mas ninguem imagina o tempo e o trabalho.

Só faltou a foto pra vermos, mosta vai!!!!

Bjs

Anonymous said...

É mesmo Sandra, você conseguiu colocar o carinho, a busca, o inesperado, a satisfação, a angústia e finalmente a contemplação da obra prima. Todo este amor pelo trabalho trará com certeza sua vitória. Amei!!!!
Ainda sou novata, aprendi a costurar lendo o manual da máquina e tive algumas aulas de pat com uma amiga. Hoje tenho encomendas de alguns produtos. Mas ainda preciso aprender muito... Com textos assim sinto uma enorme vontade de continuar.
Valeu pela força...Cristina Melo. Beijos.

Geisa do Carmo said...

É isso aíamiga, tem que valorizar a arte manual.
Eu cobrei por um guarda chuva R$ 1300,00!!!
Quem pode paga!
É a nossa criaitividade e tempo , que sempre querem pra ontem.
Quem pode pode quem não pode se sacode, rs
Bjs

Anonymous said...

Perfeita descrição do trabalho com patch!!!!!! Parabéns pelos teus trabalhos que são lindoes!!!!

marciac said...

Um texto assim mereceria ser muito divulgado. Infelizmente, as pessoas não têm mesmo idéia do que está atrás das lindas formas e cores que vêem nos trabalhos manuais.
Adorei como você escreveu! E a colcha deve ter ficado linda. :)
Bjs e parabéns!!

Ana carolina said...

amei tudo'arte é arte mesmo, e muita paciência, que DEUS conserve tudo isso e muito mas muito + mess.
Parabéns e mt sussesso.nice

Débora Binato said...

San! Que saudades dos teus textos! Amei esse! E o teu blog está lindo!
Consegui dar uma fugidinha das crianças... Adorei! Bjs

Emilene Pimentel said...

Oi Sandra,
meu nome é Emilene sou de Porto Alegre/RS(By Mila Pimentel Patchwork e Cia).
Estou começando agora com o Patch e já tenho minha primeira encomenda (espero ser tão rápida quanto tu fostes). Vou fazer uma colcha de casal com aplicação de fotos...acho que vai ficar bem legal em preto e branco. Concordo muito contigo, muitas vezes não temos o "valor" reconhecido em nossos trabalhos. Onde posso adquirir o programinha que mensionastes (EQ5)...
bjks e muita sorte...
adorei teus trabalhos, são de muito bom gosto.

mara said...

Achei minha alma gêmea!!!rsrsrsr Teu trabalho é lindo e teu texto é um show a parte!!! Trabalho com papel e não com tecido, mas me identifiquei completamente com teu texto!! O problema é que quem não sabe o trabalho que dá, não valoriza mesmo! Bem, se o patchwork não der certo você pode escrever crônicas, que tal?! Um abraço!
Mara

Sandra Pagano said...

Oi Mara!! Fico feliz que vc gostou do texto :)
Eu não faço mais patchwork, sou fotógrafa.
Se quiser conhecer meu trabalho, curte a minha fanpage : http://www.facebook.com/sandrapaganophotography
Beijos, obrigada pela visita e boa sorte nas suas artes!

Valéria Orosco said...

Muito verdadeiro! Amo o que faço, faço por amor e pra quem valoriza!!!